As 4 maiores causas de acidentes com caminhoneiros e como evitar

representação da logística 4.0 com uma esteira transportando caixas de dentro do prédio para a pilha de entrega.
Logística 4.0: entenda o que é e o que muda a partir dela
18 de fevereiro de 2019
Saiba como funciona o sistema de telemetria!
12 de setembro de 2019
caminhão baú branco sobre um fundo laranja

Os caminhoneiros enfrentam longas jornadas na estrada, sendo que não é incomum presenciarmos notícias de acidentes de trânsito envolvendo esses profissionais.

Lei 13.103/2015 foi criada para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos motoristas que enfrentam o sono e o cansaço diariamente nas vias do país. A partir de sua aplicação, os índices de acidentes reduziram. No entanto, esse ainda é um problema que preocupa as autoridades, as empresas e a população.

Selecionamos quais são as 4 principais causas dos acidentes com caminhoneiros e também as maneiras para evitar que eles aconteçam. Para conferir, continue a leitura!

Conheça os principais motivos de acidentes com caminhoneiros e saiba como evitar

1. Excesso de carga

Os tombamentos são frequentes nas estradas. Não é raro observamos nos noticiários, ou até mesmo presenciar, um caminhão com excesso de carga tombado. Nesses casos, os riscos são grandes, porque além de prejudicar o próprio motorista, também existe a possibilidade de envolver outros veículos ou pedestres no acidente.

A empresa terá perda financeira por causa da carga que, em grande parte, é desperdiçada. Com isso, vários problemas podem surgir, como clientes insatisfeitos e multas para a organização devido ao peso acima do limite permitido. Portanto, é necessário que a empresa realize uma distribuição ideal da carga, dentro do limite estabelecido, que não ofereça nenhum risco para os envolvidos.

2. Longas jornadas de trabalho

Viagens longas, sem um período de descanso adequado, contribuem para que ocorram os acidentes. Para realizar a entrega o mais rápido possível, os caminhoneiros sacrificam as horas de sono e os intervalos, continuando o trajeto até o destino final.

Isso impacta diretamente a direção, já que um motorista que está cansado ou por um longo período sem dormir não terá a atenção necessária no trânsito. Por isso, muitos acidentes ocorrem em momentos curtos de desconcentração, que, em grande parte das situações, estão associados ao cansaço.

O ideal é que empresa faça um monitoramento dessas jornadas, certificando-se de que os colaboradores estejam respeitando seus limites físicos, com períodos de descanso compatíveis com uma direção segura para todos.

3. Imprudência dos motoristas

Não respeitar as leis de trânsito é um dos aspectos que mais causam acidentes. Para motoristas de caminhões, essas imprudências podem resultar em ainda mais prejuízos, envolvendo terceiros e, em alguns casos, vítimas fatais.

Ultrapassagens em locais não permitidos, excesso de velocidade e falta de atenção em curvas perigosas são apenas alguns desses problemas. Todos esses pontos aumentam de forma expressiva o número de acidentes nas rodovias, causam perdas financeiras e afetam a vida de outras pessoas. O número de caminhões nas estradas todos dias é grande, por isso, é essencial que os motoristas tenham o cuidado necessário ao trafegarem nas vias.

4. Rodovias inadequadas

Outro fator que gera acidentes é a má conservação das rodovias, que nem sempre são adequadas para que os automóveis e caminhões tenham uma viagem segura. Falhas, como falta de sinalização e buracos, são alguns desafios nas estradas, principalmente para caminhoneiros que dirigem por longos períodos e com um veículo de grande porte. Como consequência, vários acidentes acontecem frequentemente devido ao estado em que as vias se encontram.

Para prevenir problemas, estude quais são as rotas que apresentam melhores condições para realizar o trajeto. Assim, é possível evitar acidentes e, até mesmo, falhas mecânicas ou estragos maiores nos veículos.

Os acidentes com caminhoneiros são constantes nas rodovias, e isso gera vários prejuízos. Além disso, o número de vítimas fatais nesses casos é alto, o que demonstra o perigo da situação. Todos os fatores citados neste post impactam o crescimento desses acidentes. Seguir de perto a legislação é fundamental para preservar vidas e garantir uma direção segura.

Gostou desta leitura? Continue aprendendo sobre o tema. Leia também sobre a importância da avaliação de desempenho de motoristas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *