fbpx
Você sabe o que é rastreamento com redundância? Descubra agora!
9 de setembro de 2019
mão segurando um smartphone que exibe uma imagem de um marcados num mapa

Você sabe o que é um dispositivo de rastreamento veicular? A contratação desse tipo de serviço ajuda a aumentar a segurança de patrimônios, mas cabe a você entender como é o funcionamento do sistema para realizar boas vendas e fidelizar sua cartela de consumidores, aumentando o faturamento da empresa.

Portanto, conhecer o funcionamento do dispositivo é importante para que você consiga atender aos seus clientes com mais eficiência e passar todas as informações necessárias sobre ele corretamente.

Para ajudar você, neste post, explicamos melhor como ele funciona. Acompanhe!

O que é um dispositivo de rastreamento veicular?

Ainda que seja fundamental assumir atitudes preventivas ao lidar com veículos — especialmente os de grande valor, seja pessoal, seja financeiro — nem sempre é possível evitar que sua segurança seja comprometida. Descuidos, indivíduos mal-intencionados, problemas mecânicos e diversas outras situações podem colocar você em risco de roubos ou furtos.

Nesse momento, os dispositivos certos podem proteger seu patrimônio, desde que você saiba tudo sobre eles! Um rastreador é um dispositivo que atua como um aparelho de geolocalização. Ele é instalado no veículo e fica responsável pela transmissão das coordenadas a uma central. Ou seja, é esse equipamento que informa a posição atual do carro.

Também chamado de dispositivo de rastreamento veicular, ele funciona por meio de duas tecnologias distintas: GPS, que usa satélites para localizar e monitorar o carro, ou radiofrequência, que capta sinais de redes formadas por grandes antenas receptoras.

Em qualquer uma delas, os sinais são enviados para a central de rastreamento, que repassa as informações em tempo real para os aplicativos de monitoramento no celular.

Qual é o funcionamento de um dispositivo de rastreamento veicular?

O rastreador tem funcionalidade muito similar à de um celular, com o mesmo modelo de comunicação, por módulos de telefonia. No rastreamento via satélite, as informações são transmitidas por meio de sistemas GPS. O atual estágio de desenvolvimento desses sistemas permite o seu funcionamento em praticamente todo o território nacional.

Quando se trata de uma tecnologia de radiofrequência, a localização do veículo é feita por ondas eletromagnéticas. Embora seja um sistema muito eficiente, ele depende da presença de equipamentos transmissores de sinais para que funcione.

Configuração

Para otimizar seu funcionamento, é importante configurar corretamente o dispositivo, incluindo parâmetros de rede, funcionalidades e os dados do próprio aparelho, como o tempo de comunicação com o servidor. Durante essas configurações, são adicionadas características importantes, que afetam o funcionamento do rastreador, como:

  • monitoramento de hábitos do motorista;
  • detecção de ignição;
  • cerca eletrônica;
  • alertas de pânico;
  • acionamento de saídas.

Quais são os benefícios de investir no rastreamento veicular?

Contratar um serviço de rastreamento veicular traz diversas vantagens, além de uma maior tranquilidade em relação à segurança do carro. Porém, os benefícios não se restringem apenas ao cliente que contrata o serviço. Eles abrangem, também, quem decide investir nesse ramo como alternativa de negócio. Conheça os principais:

  • trata-se de um setor em pleno crescimento, graças ao aumento da insegurança, tanto para proprietários de veículos particulares como para donos de empresas de transporte de carga;
  • estrutura necessária para o trabalho com rastreamento é simples e pode ser montada em casa;
  • as receitas são previsíveis, justamente, por se tratar de um serviço vendido como uma assinatura mensal.

O que avaliar para escolher um dispositivo de rastreamento?

Sabendo o que é, como funciona e quais são as vantagens relacionadas a um dispositivo de rastreamento veicular, é chegada a hora de saber como escolher o melhor para suas necessidades. Para isso, separamos algumas dicas.

Verifique a homologação na Anatel

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pode ser decisiva na escolha de um dispositivo de rastreamento adequado. Ela oferece um selo que comprova que o produto foi homologado junto a ela.

Ao fazer isso, pontua que requisitos básicos de segurança, qualidade e garantia foram utilizados na produção do item. Por meio da homologação, também é possível saber que o dispositivo foi testado antes de ser vendido.

Avalie a cobertura

Diversas tecnologias podem acompanhar o uso de rastreadores. Não existe uma melhor ou pior, mas sim, a mais adequada para cada caso. Aqueles que visam a utilizar o dispositivo para fins domésticos, por exemplo, podem se beneficiar mais da opção GSM/GPRS do que das outras, em razão de seu custo-benefício e do fato de essa cobertura estar sempre ativa.

Se esse não for o caso, é interessante conversar com especialistas no assunto sobre outras opções e encontrar a mais adequada para suas necessidades.

Pesquise referências

Pesquisas online e presenciais podem atuar como excelentes referências para quem busca escolher o dispositivo de rastreamento veicular mais adequado possível para si. Afinal, na era do consumidor e das redes sociais, é bastante comum — e útil — contar com opiniões diversas sobre os produtos e utilizá-las para nortear suas escolhas.

Ao encontrar um produto bem-quisto no mercado, avalie se ele se encaixa em suas necessidades. Em caso positivo, ele pode ser uma boa opção para você.

Entenda qual a tecnologia por trás do produto

Visualização de mapas, transmissão de dados, geração de relatórios, frequência no posicionamento, instalação, monitoramento, uso de softwares… Todos esses pontos são parte fundamental de seu dispositivo de rastreamento veicular. Ainda que não seja possível dominar todos eles, é interessante conhecer o máximo possível sobre a tecnologia e o funcionamento do produto.

Isso fará com que você aproveite seu potencial ao máximo e garanta ainda mais segurança para seus patrimônios. Você pode pedir auxílio a um profissional da área, caso tenha dúvidas ou dificuldades, facilitando ainda mais esse processo.

​Agora que você sabe como funciona um dispositivo de rastreamento veicular, está munido de informações que vão ajudar a vendê-lo melhor e a ampliar o crescimento da sua empresa. Na hora de montar uma central de rastreamento, é importante conhecer bem o tema e todos os aspectos a ele relacionados.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco, obtenha todas as informações sobre o dispositivo de rastreamento veicular e como montar uma central. Entenda por que esse ramo tem grande potencial de expansão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *