fbpx
Conheça Sigfox, a tendência do futuro em rastreamento
28 de agosto de 2019
Você sabe o que é rastreamento com redundância? Descubra agora!
9 de setembro de 2019

Você conhece as diferenças do rastreamento via satélite ou radiofrequência? Entender o funcionamento de cada tecnologia é essencial para oferecer a melhor solução para seus clientes

No caso do rastreamento por satélite, é utilizado o sistema de posicionamento global (GPS), que oferece grande precisão na localização. A desvantagem, no entanto, é que algumas regiões do país ainda não têm um bom sinal, além de o veículo não poder ser rastreado em ambientes fechados, como túneis e estacionamentos. 

Já a radiofrequência depende da comunicação com torres emissoras de sinal. Assim, o sistema só funciona nas regiões em que estão instaladas. Quer saber mais sobre essas duas tecnologias? Continue a leitura de nosso post para descobrir as vantagens e desvantagens de cada uma!

Saiba mais sobre o rastreamento via satélite

Como explicamos, o rastreamento via satélite é uma das tecnologias mais modernas e com maior eficiência e precisão na localização dos veículos. Hoje, os sistemas de GPS já estão bastante desenvolvidos e funcionam de maneira eficiente em praticamente todas as regiões do país. 

Por isso, essa é uma solução interessante para veículos que circulam por diferentes rotas, como no caso dos caminhões. No transporte pesado, inclusive, o rastreamento é obrigatório, seja para minimizar os riscos de roubo de cargas, seja para outros controles, como desempenho do motorista, cumprimento de jornada e consumo de combustíveis, entre outros.

Os dados captados pelo sistema de rastreamento são utilizados pelas transportadoras de diferentes maneiras, sendo uma ferramenta essencial para otimizar os processos logísticos. Desde a escolha das melhores rotas até alertas em caso de paradas suspeitas ou abertura do baú do caminhão em local não previsto, o rastreador tem papel essencial no setor. 

O sistema também é bastante eficiente para pessoas físicas, pois contribui para aumentar a segurança e reduzir o risco de tentativas de assaltos e furtos. Veículos rastreados têm elevado índice de recuperação, o que inibe ações criminosas. 

A desvantagem, no entanto, é que ainda existem algumas áreas em que o GPS não funciona tão bem, como locais com muitas montanhas ou fechados, como estacionamentos subterrâneos, túneis e galpões. 

Confira como funciona o rastreamento por radiofrequência

No caso da tecnologia de radiofrequência, o veículo é localizado por meio de ondas eletromagnéticas, emitidas por antenas e torres de comunicação. Apesar de eficiente, o sistema só funciona nas regiões onde existem equipamentos emissores de sinais.

A grande vantagem dessa tecnologia é que, dentro da área de cobertura, o sinal dificilmente é perdido. Nem mesmo em túneis e locais fechados o veículo sai do rastreamento, diferentemente do sistema por GPS. 

No entanto, os sinais de radiofrequência apenas emitem a localização do veículo (latitude e longitude), não possibilitando outros controles, como no caso do GPS. Assim, o sistema é eficaz para identificar onde está o veículo, mas não para alertar situações suspeitas, como paradas não previstas e abertura do baú. 

Entenda como escolher entre o rastreamento via satélite ou radiofrequência

Agora que você já compreendeu a diferença entre os dois sistemas, fica mais simples entender quando cada um deles é recomendado. 

Se o seu cliente for uma empresa do setor logístico, por exemplo, possivelmente a necessidade de outros controles para gestão de frotas será essencial. Além disso, os veículos poderão percorrer áreas mais amplas do que os locais onde existem torres e antenas emissoras de sinal, o que torna a radiofrequência menos segura. 

Já para pessoas físicas que desejam ter a segurança do veículo rastreado e circulam somente em áreas com coberturas de antenas e torres, a radiofrequência pode ser uma alternativa interessante. 

Assim, a escolha entre rastreamento via satélite ou radiofrequência depende do perfil de seu cliente e da análise cuidadosa de suas necessidades. Por isso, é importante observar as características de cada um e entender quais os objetivos da instalação do rastreamento, de forma a oferecer a melhor solução.

Quer saber mais sobre sistemas de rastreamento e monitoramento? Entre em contato conosco e descubra as vantagens de investir nesse mercado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *